quinta-feira, 5 de março de 2015

Vontade sacrificada

Sempre me perguntava sobre os cavalos de guerra. Como podiam encarar aquelas batalhas? Aprendi que um cavalo preparado para a guerra tinha que ter sua vontade quebrada pelo adestrador. Sem essa condição, por mais rápido, forte e hábil que fosse seria um fracasso na hora do confronto. O processo para servir a Deus é o mesmo. Se a nossa velha vontade não for quebrada, uma pequena luta será sempre uma grande derrota.