terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O Gira da roda

Como já dizia o irmão Manoel na escola dominical: a vida é como uma Roda gigante, uma hora você está lá em cima, outra hora lá em baixo. Lá em cima é quando você nota muitas pessoas por perto, dinheiro, saúde e outras alegrias. Porém, mais cedo ou mais tarde surge a todos o momento em que a Roda chega e, até pode parar no ponto mais baixo de seu giro, levando nos as muitas perguntas: cadê aqueles que ajudamos? Que cresceram a nossa sombra? Se diziam verdadeiros amigos ou no mínimo companheiros? Visitavam e se preocupavam com a gente? Aqueles que enquanto a Roda lhe dava uma posição de visibilidade acenavam com jeito de quem estaria sempre com você, independente da posição da Roda? Não se preocupe, o tempo pergunta, mas também responde. O vento sopra, a água corre, a bola rola e a Roda não vai parar de girar. Todavia, feliz é quem entende esse processo e se prepara e aprende contar com Aquele que independente do vai e vem da Roda, nos ampara, socorre e sussurra em nosso coração: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Isaías 43:1- Não te deixarei e nem te abandonarei. Isso basta.